sexta-feira, 25 de maio de 2012

Alimentos que "passaram" a fazer bem à saúde!

Como sempre acontece, novas pesquisas concluiram que alguns dos mais temidos alimentos não fazem mal à saúde como se pensava. Agora descobriram que, na verdade, a manteiga, o café, o ovo, a carne de porco e o chocolate fazem bem à saúde!

Mas se é assim as pesquisas anteriores estavam erradas?

É muito comum na ciência uma pesquisa contradizer a outra. Aliás isso faz parte do método científico. Para uma teoria ser considerado correto na ciência ela precisa ser testada por outros pesquisadores e estes deverão ter os mesmos resultados. Na ciência, uma única pesquisa não consegue fechar o assunto em torno de sua conclusão. 

E aí vai minha crítica a forma como os fatos são noticiados. Faz pouco tempo o mundo inteiro ficou sabendo que conseguiram encontrar uma partícula que viajava em uma velocidade superior a da luz. Depois identificaram que, na verdade, era um erro de cálculo causado por um cabo mal conectado, só que essa notícia não teve o mesmo holofote no noticiário!

Esse caso não foge a essa regra. Apesar de achar muito bom que chocolate faça bem a saúde, preciso ser coerente comigo mesmo e entender que isso é só mais uma pesquisa.

Particularmente acho que o nosso conhecimento científico ainda não consegue entender suficientemente os processo biológicos. Não só para o caso dos alimentos, mas em todos os aspectos. Fico muito com pé atrás quando afirmam que tal produto causa cancer, ou que tal alimento entope as suas arterias. Se entendêssemos mesmo como esses mecanismos funcionam já teríamos resolvidos esses problemas, mas isso ainda não acontece.

Na minha opinião cada indivíduo reage de forma diferente aos mesmos alimentos e produtos. E essa reação individual é muito mais relevante do que o efeito do produto em si. Ainda acho que a ciência encontrará um padrão definitivo para isso, mas a publicação de trabalho tão antagônicos me indicam que esse dia ainda está longe.

Aliás, trabalhos que contradizem outros nessa área aparecem todo dia. (Vou começar a fazer uma lista e postar aqui depois...)

Portanto, vou comendo do que gosto e pronto. Se eu tivesse me privado de comer ovo, chocolate e tomar café por anos e visse essa reportagem hoje, ficaria muito, mas muito nervoso. E isso seria certamente mais prejudicial a minha saúde.