domingo, 30 de março de 2014

Romário ajudando a Ciência no Brasil

Quem diria que o Romário seria autor de um Projeto de Lei que ajudaria o desenvolvimento da Ciência no Brasil?

Dep Fed Mara Gabrilli (PSDB-SP) eRomário (PSB-RJ)
No meio político estamos acostumados a não ver nada de importante ser decidido ou feito. Só nomes de ruas e demagogias cujo único objetivo é ampliar a quantidade de votos dos próprios deputados e fazerem se manter nos cargos nas próximas eleições. 

Quando o Romário foi eleito Deputado Federal estava claro para todos que ele seria mais um daqueles casos de pouca expressão, que só foi eleito por conta da sua fama, como tantos outros exemplos que temos no Brasil. Eu lembro até que no primeiro dia de trabalho no Congresso ele não foi a Brasília, e foi filmado na praia no Rio da Janeiro jogando bola, saiu na mídia e etc...

Só que diferente da grande maioria que não se define sobre o que defendem, o Romário tem uma posição clara de defesa aos portadores de necessidades especiais. Talvez até mesmo influenciado por conta de sua filha ser portadora da Síndrome de Down. Ao transitar nesse meio ele conheceu o quanto é difícil produzir pesquisa no Brasil quando se depende de importação de equipamentos e produtos de alta tecnologia. Essa dificuldade de importação é mais um gargalo dentre tantos que não deixam o Brasil andar.

Para ajudar a resolver esse problema, ele produziu um Projeto de Lei que facilita a importação de equipamentos quando os mesmo forem destinados a pesquisas científicas. O Projeto de Lei prevê liberação automática de mercadorias sem o pagamento de taxas da Receita Federal e Anvisa. Esse Projeto foi aprovado semana passada pela Comissão de Seguridade Social e Família, e agora vai para a Comissão de Ciência e Tecnologia. 

Ou seja, esse projeto tem o real potencial de ajudar o desenvolvimento da Ciência no Brasil e veio de um primeiro mandato de um jogador de futebol. Vamos acompanhando o andamento deste projeto. Pelo jeito ainda tem um caminho para chegar no Congresso e sem dúvida vai exigir um esforço político do Romário. 

Será que o Romário está decidido a ser no Congresso o que foi nos campos de futebol? Tomara que sim. Estamos precisando de gente que resolva por lá. E se ele tiver decidido eu acho que ele consegue!!! 

Mais informações na própria página do Romário.

P.S.: Antes tivesse mais gente jogando futebol na praia no primeiro dia mas fizesse alguma coisa de útil em Brasília depois....

segunda-feira, 10 de março de 2014

O Desenvolvimento Econômico Comparado pelo Transporte Aéreo

Essa é para quem acha que o Brasil nunca cresceu tanto e que as coisas melhoraram muito, tanto que agora muito mais brasileiros podem andar de avião porque o preço está mais acessível. Consequência disso são os aeroportos lotados e os atrasos contantes de vôos por aqui, mostrando que a nossa infraestrutura não acompanhou a nossa economia.

Tem um serviço bem interessante que permite visualizar os vôos de todo o planeta online. Se chama FlightRadar24. Ao acessar esse site encontrei a figura abaixo, que mostra quantos vôos estavam acontecendo neste instante na América do Sul, que é praticamente Brasil.




Agora vamos comparar com a América do Norte? Que é praticamente Estados Unidos.




Vou deixar você curioso para ver como é na Europa e na África....

Só por curiosidade. enquanto tinha 201 vôos na tela da América do Sul, tinha mais de 1500 na América do Norte. Isso porque o contador só vai até esse valor. Dá pra ver que ainda temos muito a desenvolver nessa área. Olha um campo aberto aí....

terça-feira, 4 de março de 2014

Time Lapse: Stars That Fell as Snow

Videos time-lapse do céu noturno são interessante por si mesmos. Ainda mais para quem mora numa cidade onde nunca vai ser possível ver o céu da forma que estes videos mostram. Aqui em São Paulo mesmo, o único evento astronômico possível é uma Lua Cheia.

Agora este vídeo tem um detalhe que o deixa mais interessante. Ele captou as imagens de dois satélites geoestacionários, que aparecem no vídeo como se fossem estrelas comuns. Dá para identificar no vídeo porque essas supostas estrelas não estão seguindo o conjunto, ficam paradas no mesmo ponto do céu, e depois desaparecem, ficando evidente que se tratava de um reflexo.

Segue o vídeo primeiro. Tente ver se encontra sem ajuda. 



É difícil mesmo. Tem que ter um olho muito bem treinado. Eu só percebi porque segui as orientações no Blog do Astrônomo Phil Plait - Bad Astronomy

O ponto em que eles aparecem estão na sequencia que se inicia no minuto 1:31. Fique de olho na estrela Procyon, que está marcada na imagem abaixo. Primeiro você vai perceber  que embaixo dela vai aparecer um estrela "fixa" que depois irá sumir. Depois para achar o outro é ainda mais sutil. Ele aparece antes desse mais brilhante, fica um pouco a esquerda, na ponta de um galho da árvore, logo no início da sequência.