quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Livro: A Colher que Desaparece

Na boa, esse título é muito ruim!!! Mas o livro é bem interessante!! 

É um livro de divulgação científica, que como tantos outros faz uma série de relatos de como a ciência foi se desenvolvendo ao longo dos anos em diversas áreas. O diferencial desse livro é que ele utiliza a tabela periódica dos elementos como base para esses relatos.

Ao passar pelos elementos da tabela, o autor vai descrevendo como foi a descoberta dele e os benefícios que essas descoberta trouxe para a sociedade. A tabela periódica dos elementos é a base de tudo no universo e por isso a busca dos cientistas dos elementos acabou impactando em todas as áreas da ciência, não só na química. 

E como não deveria ser diferentes, o livro aborda bastante a biografia dos cientistas que ajudaram a completar a tabela periódica. Incluindo casos de mulheres cientistas como Marie Curie, que tiveram que superar o preconceito na época para desenvolver ciência de ponta. Marie Curie, por exemplo, foi a única laureada Nobel em Química e Física da história. 

Outros casos chamam atenção como a perseguição dos cientistas pelos nazista e como eles fizeram para sair da Alemanha nesse período para não deixarem de trabalhar. Mas a Alemanha ainda conseguiu manter alguns nomes de peso trabalhando com eles, o que acabou gerando uma corrida contra os Estados Unidos para desenvolver primeiro a fissão nuclear. O resultado, infelizmente, todos nós já sabemos. Infelizmente não pelo desenvolvimento da técnica, mas do uso que se fez dela!

O que mais chama a tenção nesse livro é que o desenvolvimento cientifico depende muito das personalidades certas envolvidas num ambiente certo. Quando essa condição é atendida o progresso é visível. Por isso que países desenvolvidos tentam o máximo possível manter os melhores cientistas trabalhando em seu território, não importando de onde eles vieram. 

Novamente parafraseando a fissão nuclear... depois de uma certa massa crítica formada o desenvolvimento científico se acelera. 

Segue link da Saraiva para o e-book.
No Submarino tem o livro físico.
Versão para Kindle na Amazon.

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Livro: O Sinal e o Ruído

Quantas vezes você precisa tomar uma decisão, ou fazer uma previsão, baseada nos dados existentes, mas você não imagina o quão corretos estão esses dados. O autor chama isso de ruído que compromete o sinal, e te faz tomar decisões incorretas.

Hoje existem várias metodologias estatísticas que são utilizada para previsão de quase tudo na nossa vida. Bolsa de Valores, clima, resultados de jogos, eleições, etc... No entanto sabemos que estas previsões, por mais desenvolvidas que estejam, muitas vezes não conseguem se confirmar. Isso é porque os dados utilizados estão mal levantados ou o método não considerou as suas limitações? 

É sobre isso que o autor escreve nesse livro. Utilizando exemplos de metodologias utilizadas para previsão e decisão e o quanto elas estão acertando, ele discute como podemos utilizar melhor os dados.

Ele não fica dando sugestões de como resolver os problemas que ele aponta. Mas o livro acaba sendo uma importante ferramenta para o pensamento crítico. Se você souber como as previsões são feitas vai entender melhor quando ouvir no noticiário que um determinado candidato tem mais chances de ganhar uma eleição. E vai ficar mais antenado sobre as condições em que estas previsões são tomadas e os possíveis erros do método utilizado. 

Em resumo o que percebi é que o autor nos passa o seguinte recado: Não acredite em nada antes de confirmar você mesmo os cálculos. As vezes até os melhores cientistas podem estar utilizando dados de maneira errada e passando informações incorretas sem querer. Seres humanos erram. Isso é um fato. E não quer dizer que haja má fé. 

O capítulo sobre mudanças climáticas eu recomendo principalmente. Primeiro porque é um assunto mundial, diferente da maior parte do livro onde os exemplos utilizados são bastante vinculados a cultura norte americana. E esse assunto gera polêmica até no café da empresa e esse livro só coloca lenha na fogueira....

Segue o link para o livro e para o e-book.