segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Livro: A Dupla Hélice

Esse livro conta como foi a descoberta da estrutura do DNA, pelo ponto de vista de James D. Watson, um dos cientistas responsáveis pelo trabalho e ganhador do Prêmio Nobel por isso.

É escrito de uma forma bem informal, o que certamente pode ter deixado algumas pessoas citadas ofendidas. Ele não economiza em rotular alguns dos personagens que fizeram parte da sua vida nesse período. Algo que eu até achei desnecessário. Ele poderia contar a mesma história sem o tom de deboche para com alguns de seus colegas. 

Em contrapartida o livro é bom para desmitificar aquela imagem do cientista do cinema, com laboratórios de alta tecnologia e milionários. O cientista real vive de bolsa de estudos, que frequentemente precisa de revalidação, dorme em quarto emprestado, come mal e fica tentando se aproximar das garotas (sem sucesso). 

Ok, esse cientista "real" também é muito caricato, hoje em dia obviamente não é mais assim. Talvez não para todos, pelo menos. 

Um ponto interessante é a disputa que eles travaram com Linus Pauling na descoberta da estrutura do DNA. Todos os avanços de Pauling eram acompanhados pelos artigos que eram publicados e por carta. Ou seja, existia ciência antes do e-mail!!! Essa disputa com Linus Pauling eu já tinha lido de forma reduzida no Livro A Colher que Desaparece. Fica a dica para quem quiser ver um outro ponto de vista.


Para quem tiver interesse segue o link da Amazon.