sábado, 1 de outubro de 2011

Teoria: O que significa isso na Ciência

Uma das virtudes da ciência é a capacidade de permitir que ideias tidas como certas possam ser refutadas após a identificação de novos fatos. Por este motivo a ciência se utiliza de Teorias para representar o conjunto de leis e fatos observáveis. Se novos fatos forem descobertos as teorias são refeitas e é assim que ciência se desenvolve.

No entanto esse termo "Teoria" acaba sendo a principal arma para o leigo quando este quer por em dúvida algum consenso científico. Em geral ele vem acompanhado subjetivamente de uma incerteza nata, de alguma dúvida constante. Acredito que isso até venha a atrapalhar a divlgação da ciência na comunidade, já que a público em geral não dá muito crédito a uma simples "Teoria".

Em ciência a tal "Teoria" é o que agrega todo o conhecimento científica naquela área. Não deve em nehuma situação ser posta em dúvida, a não ser que existam novos fatos e se utilize do próprio método científica para propor uma nova teoria. Como é baseada em fatos, como tudo na ciência, não precisa depender da crença das pessoas para ser consierada correta.

Ninguém questiona ou desacredita a Teoria da Gravidade, porque todo mundo percebe que no seu dia a dia que a Terra atrai tudo para o seu centro. E pior que nesse caso o crédito é dado por motivo errado, porque o que as pessoas percebem é a atração dos corpos, que é descrita pela Lei da Gravidade e que possui uma equação universal que calcula a força de atração. A Teoria da Gravidade é muito mais complexa do que isso, tenta explicar o porque essa atração ocorre. Já foi desenvolvida por Newton e praticamente toda reescrita por Einstein, mas ela sempre vai ser uma Teoria.


Já a Teoria da Evolução não tem nenhuma demonstração imediata de nenhuma de suas leis. E por isso se dá menos crédito a essa Teoria em relação a outras. No caso da evolução nós estamos tentanto entender nossa história através do que encontramos do passado e de uma fotografia do que existe hoje. Todas as espécies de vida no planeta são evidências da evolução, mas não há como acelerar o tempo em outro planeta para poder ver a evolução acontecendo (exceto no filme Jurassic Park, mas enfim...). Por isso essa Teoria é menos "visual" do que outras e, consequentemente, mais difícil de ser compreendida.

Isso só poderá mudar com informação. Quando as pessoas ouvirem sobre uma Teoria científica devem entender que ela tem muito mais base do que aquele famoso "eu acho" que utilizamos com os amigos.

Mas devagar a gente chega lá!