quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Neutrino mais rápido do que a Luz: Ainda não....

Em novembro do ano passado foi noticiado em manchetes no mundo todo que pesquisadores tinham conseguido resultados de um neutrino que se deslocava em velocidade superior a da luz. Isso realmente seria um fato impressionante, que daria início em umarevisão de toda nossa Física.
 
Mas hoje foi noticiado, só em sites científicos específicos, que na verdade os resultados obtidos estavam errados. Parece que uma conexão mal feita de cabeamento causava uma diferença de medição.
 
A ciência é assim mesmo. OS resultados são anunciados e depois repetidos ao extremo para verificar se não houve erro de medição. A diferença neste caso, e de outros que já foram anunciados, é que a descoberta era muito grande. Isso causa uma pressão forte da imprensa que faz os pesquisadores aparecerem em holofotes mesmo antes de outros testes complementares.
 
Normalmente o trabalho deve ser publicado em uma revista, e postriormente outros pesquisadores a complementam e publicam novamente, outros a repetem de forma deiferente, etc.. Tudo sempre ocorre em revistas especializadas. Quando esse processo é pulado e imprensa entra na frente, sempre vai haver o risco da descoberta não se confirmar.
 
Já vi dois eventos deste tipo que marcaram a minha memória. Quem mais lembra da "fusão a frio" e das "bactérias no meteorito de marte"?
 
Agora posso adicionar os "neutrinos supervelozes"!
 
Fonte: ScienceMag