terça-feira, 28 de junho de 2011

Fim da Restrição aos Jogos Violentos na Califórnia


Se tem uma coisa que os Estados Unidos tem é o respeito a liberdade de expressão. É a Primeira Emenda da Constituição deles e eles defendem isso a todo custo. Não é a toa que são o maior país democrático do mundo.

Desde 2005 a Califórnia proibiu a venda de jogos violentos para menores. Esta lei estava em julgamento pela Suprema Corte para avaliar se ela não estava violando a Primeira Emenda da Constituição. E a Suprema Corte decidiu que sim! Ou seja, a venda desses jogos está liberada para qualquer pessoa, tudo em nome da liberdade de expressão. Aqui, ao contrário, é comum vermos projetos de lei para proibir não só a venda para menores, mas toda a comercialização desses jogos!

Mas nesse caso eu fico com o juiz que votou contra, não acho que seria violação da liberdade de expressão. Sou totalmente contra a proibição da comercialização mas acho que seria possível regular um pouco. Já existem restrições a venda de filmes e revistas pornográficas ou com violência excessiva para menores, só estaria sendo coerente estender essas restrições para qualquer mídia com violência excessiva. (Eu não pude assitir o Stalone Cobra no cinema...).

Com essa decisão não há mais motivos para essas restrições na venda de filmes e revistas também. Vamos acompanhar os próximos passos, mas se eu fosse dono da Playboy já iria querer ampliar meu mercado também!

Fonta na notícia: Galileu